NR17 para Call Center: o que todo gestor precisa saber!

NR17 para Call Center: o que todo gestor precisa saber!

Você é gestor de Call Center? Coordena trabalhos de telemarketing ou teleatendimento? Conhece bem a NR17?

Muitos gestores de Call Center sabem da existência da Norma Regulamentadora 17 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e já leram suas resoluções, mas ainda ficam inseguros quanto à aplicação prática de seu conteúdo. Para Gestão de Call Center é fundamental compreender também as consequências para a empresa, caso ocorra o descumprimento dessas normas.

Entenda a seguir, esses e muitos outros questionamentos comuns entre os gestores de Call Center sobre a NR17.

O que é NR17?

Em 1990, o Ministério do Trabalho brasileiro publicou a Norma Regulamentadora 17, após diversos casos de doenças laborais provocadas por más condições de trabalho e jornadas exaustivas. No Brasil, em 1978 já tinham sido aprovadas normas regulamentadoras (NRs) relativas à Segurança e Medicina do Trabalho. Mas a norma mais conhecida é a NR17, que apresenta dois anexos, com normas específicas para ambientes de trabalho de checkout, televendas e teleatendimento.

A NR17 é regulamentada pela portaria nº 3.214, de 8 de junho de 1978, sendo essa portaria a responsável pela aprovação das Normas Regulamentadoras da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) relativas à Segurança e Medicina do Trabalho.

Seguir a NR17 é fundamental para o desenvolvimento empresarial de um Call Center, assim como para evitar acidentes de trabalho e problemas com a Justiça do Trabalho brasileira.

Quais empresas devem seguir a NR17?

É importante ter em mente que as normas da NR17, principalmente em seu Anexo II, tratam de todos os ambientes corporativos que realizam atividades específicas de televendas e teleatendimento.

Muitos gestores de empresas que não têm postos de atendimento, propriamente ditos, mas que apresentam jornada de trabalho com funcionários constantemente sentados, utilizando telefones e computadores, ficam em dúvida quanto à obrigatoriedade de seguirem as normas regulamentadoras (NRs) da ABNT. A obrigatoriedade existe para todo ambiente institucional que exerça atividades correlatas às de televendas e teleatendimento.

Esteja atento para o fato de que ambientes empresariais adequados aumentam a produtividade, tornando o seu negócio muito mais lucrativo!

Como aplicar a NR17 no seu Call Center?

A NR17 estabelece parâmetros mínimos para as atividades desenvolvidas em um Call Center, com o intuito de proporcionar o máximo de conforto, segurança, saúde e desempenho eficiente para os trabalhadores e empresas.

Conheça, a seguir, algumas dessas normas:

  • A bancada de trabalho, com acabamento, deve apresentar as seguintes medidas mínimas: profundidade de 90 cm; largura de 100 cm (sendo que o trabalhador deve ter um alcance de raio mínimo de 65 cm à direita e à esquerda, tendo como centro o próprio ombro, em posição de trabalho);
  • Cadeiras com bordas arredondadas; assento com profundidade útil entre 38 cm e 46 cm; assento com altura regulável entre 37 cm e 50 cm, a partir do piso; e apoios de braço ajustáveis (altura ajustável entre 20 cm e 25 cm, a partir da superfície do assento).
  • O monitor deve estar centralizado com a linha dos olhos do trabalhador (ou seja, a altura do monitor deve ser regulável devido às diversas estaturas dos trabalhadores);
  • O monitor e o teclado dos computadores devem estar apoiados sobre superfície com sistema de regulagem independentes;
  • Cadeiras com cinco pés estáveis, com rodízio (rodinha).

Quais as consequências do não cumprimento da NR17?

O descumprimento da NR17 pode gerar uma série de problemas tanto para o trabalhador, quanto para a empresa. Veja quais são essas consequências, de forma geral:

  • Responsabilidade Criminal: infração penal, caso a irregularidade não ocasione lesão e risco ao trabalhador; Lesão corporal, caso a irregularidade gere comprometimento físico ao empregado; Homicídio, caso a irregularidade ocasione a morte do trabalhador;
  • Responsabilidade Civil: em caso de lesão corporal, a empresa deve arcar com tratamentos médicos do trabalhador, assim como pensão vitalícia (em caso de morte) e danos morais;
  • Responsabilidade Trabalhista: pagamento de adicionais de periculosidade e insalubridade; estabilidade provisória do trabalhador acidentado;
  • Responsabilidade Tributária: aumento da alíquota paga do SAT (Seguro do Acidente do Trabalho) e FAP (Fator Acidentário de Prevenção);
  • Responsabilidade Administrativa: multa aplicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego; interdição do estabelecimento empresarial.

De de acordo com a CLT, há consequências do não cumprimento da NR17 para o empregado também:

  • Configura ato faltoso a recusa injustificada de uso dos equipamentos de segurança individual (EPI), assim como a não observância de normas que visam garantir a segurança no trabalho e a própria integridade física.

Até 2018, a fiscalização das normas regulamentadoras (NRs) era realizada pela Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho, do Ministério do Trabalho e emprego (MTE). Em 2019, com a posse do novo Presidente da República, o Ministério do Trabalho foi extinto e suas atribuições foram divididas entre os Ministérios da Economia, da Justiça e da Cidadania. A função dos fiscais desses órgãos é identificar não conformidades, por isso é importante que a empresa conte com uma equipe qualificada em Segurança do Trabalho.

A Bettiol Móveis: especialista em móveis ergonômicos para Call Center!

Há mais de 20 anos, a Bettiol Móveis preza pela alta qualidade dos móveis organizacionais que produz. Investe na melhor equipe de design e engenheiros para garantir beleza e conformidade com as normas ergonômicas vigentes, principalmente o anexo II da NR17.

Conte com a Bettiol Móveis para garantir a segurança do trabalho no seu Call Center.

Conheça a linha de móveis Bettiol ou solicite um projeto especial.

Deixe uma resposta

Fechar Menu